Dia Sem Compras


guia prático (aberto) de sobre-vivência (anti)culinária #1 by D. Graça
fevereiro 3, 2010, 2:55 am
Filed under: Sem categoria | Tags:

O Exército Chapatista de Libertação Culinária – ECLC , contra todo tipo de desperdício (incluindo de alimento, de ludicidade, de criatividade), nos termos do Manifesto, incentiva as seguintes posturas práticas dentre outras tantas que a imaginação e disponibilidade de cada um permitir:

1) Para saber cozinhar basta saber comer. Prestar atenção na própria comida, experimentar-provar várias coisas diferentes. Comer mesmos pratos feitos em situações diferentes e por pessoas diferentes e ver que não são iguais. Ser experimental, sentir os cheiros, os sons e as cores dos alimentos e de todo o contexto inclusive o próprio corpo (ver item 4).

2) Várias cascas de alimentos são comestíveis, aproveitá-las. Não as de plástico (ver próximo item).

3) Observar os próprios resíduos.

3.1) O resto da refeição anterior pode se tornar uma refeição melhor ainda agora. Misturar elementos-restos com ingredientes frescos. Evitar desperdícios. Resto não é lixo, é ingrediente.

3.2) Mesmo o que não é mais alimento tem alguma utilidade. Reutilizar antes de reciclar evita mais desperdícios (inclusive de criatividade).

3.2.1) Reutilizar embalagens. Evitar embalagens; quase sempre ela é dispensável, ela é anti-natural, é poluente, cruel, mesquinha, ilusória, literal e metaforicamente superficial. Entretanto se for estritamente inevitável, preferir as que se pode re-utilizar. Potes, latas, sacos. Vegetais precisam ser guardados na geladeira em um recipiente fechado depois de cortados. Coisas precisam ser guardadas. Alimentos eventualmente precisam ser transportados. Latas de metal são panelas. As utilidades são incontáveis.

4) Ter saúde é saber ouvir o próprio corpo. Comer bem é comer o que faz bem para cada corpo. Dormir bem é dormir o suficiente para cada corpo, suficientemente confortável para cada corpo. Não se dispensa nenhum conhecimento científico ou popular ou milenar ou de qualquer outro canal a princípio legitimador. Entretanto nenhum modelo de comportamento saudável se aplica perfeitamente e igualmente a todos os organismos.

4.1) Nem todos precisam emagrecer. A maioria não precisa. A maioria está vendo TV demais. Desligar a TV para ouvir melhor o barulho da água fervendo.

5) O que é chamado de lixo é cheio de comida. Sabendo procurar e selecionar, pode-se sobreviver de coisas dispensadas por outros. Pode-se boicotar boa parte do processo consumista-capitalista com ações simples como esta. É claro que não é uma tática sustentável a longo prazo por quantidades massivas de pessoas. Mas o ECLC não é um movimento de massa… é de massas e de cozidos, assados, frituras, saladas…

6) Aplicar táticas de agricultura alternativa se possível. Controlar toda a trajetória do alimento é a emancipação. A longo prazo é essencial. O ECLC pretende desenvolver ações desse tipo em um futuro próximo. Entretanto é comum poder manter vasinhos com temperos e hortaliças até num apartamento – por exemplo cebolinha, pimenta, couve, tomate. Ter cuidado com os vegetais que se cria é equivalente a cuidar do próprio corpo.

7) Improvisar. Não ter medo. É assim que surgem as melhores idéias.

8 ) Estética. Todas as ações do cotidiano são expressivas, são significáveis e belas na medida do possível e do desejo. A (anti)culinária é uma delas.

9) Divertir. Causar prazer. Sozinho ou não: curtir. Só porque é vital não significa que tem que ser chato. Sobre-viver.

10) Não depender de ninguém. Não ter assistentes, acontecer ajuda-mútua. Qualquer ajuda é bem-vinda e toda idéia a princípio é boa. Aprender e ensinar são processos indistintos, e limitar os papéis é limitar o alcance da troca. É possível uma (anti)culinária com mais de duas mãos.

Do restaurante sem garçons,

Orni Torri Inco

Anti-Chef


1 Comentário so far
Deixe um comentário

muy bueno, chiquito! é isso aí! gradei demais do texto! atenção para o passo sete: é importante não ter medo de colocar geleia de jabuticada no sanduíche! muito bom comer com você!

Comentário por ana f.




Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: